Entidades representativas dos servidores e Oficiais de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, estiveram presentes na data de hoje, reunidas com a administração da corte.

Entidades representativas dos servidores e Oficiais de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, estiveram presentes na data de hoje, reunidas com a administração da corte.

Entidades representativas dos servidores e Oficiais de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, estiveram presentes na data de hoje, reunidas com a administração da corte.

As entidades representativas dos servidores e Oficiais de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, estiveram presentes na data de hoje, reunidas com a administração da corte. O objetivo foi deliberar as perdas salariais de 2016, a reposição inflacionária 2017/2018 dos vencimentos, GAE e Auxílio alimentação. Infelizmente as propostas encaminhadas pelo Tribunal não preenchem os anseios dos servidores. Apesar da melhoria no cenário econômico, o Tribunal continua sinalizando pessimismo como justificativa para a não concessão de um reajuste digno. Tais argumentos não podem ser considerados pelas entidades sindicais. O Sindojus protocolou sua proposta e aguarda uma resposta da Presidência, já que na reunião não estavam presentes o Desembargador Ricardo Nunes e nem a titular da pasta da Secretaria de Planejamento, Suely Azevedo. Acreditando no bom senso da atual gestão, na valorização dos servidores e no novo cenário econômico do país, o Sindojus aguardará uma nova convocação, na busca de se alcançar um percentual que, de fato, diminua a perda do poder econômico dos servidores. Segue a ata com as proposições de todas as entidades sindicais.

administrador@pa

Fechar
Fechar

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Fechar

Fechar