Liga Sistêmica se Apresenta em Gravatá

Liga Sistêmica se Apresenta em Gravatá

Liga Sistêmica se Apresenta em Gravatá

O projeto Liga da Justiça se apresenta em Gravatá-PE, no I Encontro Estadual dos Oficiais de Justica de Pernambuco. A Liga tem por objetivo desenvolver projetos que visam o aprimoramento e a resolução de conflitos sem a intervenção dos meios tradicionais. Os autores, Roberto Rodrigues, Juiz de Direito, Edvaldo Lima, Oficial de Justica e Carmen Sisnando, Oficial de Justica, todos atuantes no Tribunal de Justiça do Estado do Pará, apresentaram dados concretos que comprovam a eficácia da nova ordem processual. Segundo Rodrigues, como juiz Sistêmico, ele oportuniza às próprias partes a chance de discutirem soluções para seus litígios, com isso diminuindo a necessidade de intervenção do Judiciário. Para Sisnando, o método Sistêmico já arquivou aproximadamente 530 processos só na Comarca de Marituba-PA. Lima destacou que o Judiciário deve ser mais ousado, seus membros não devem ter medo de invocar, sendo esta nova forma de resolução de conflitos uma tendência, conforme regem as novas legislações vigentes.

administrador@pa

Fechar
Fechar

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Fechar

Fechar