PM se passa por Oficial de Justiça e é preso por extorsão em Águas Lindas de Goiás

PM se passa por Oficial de Justiça e é preso por extorsão em Águas Lindas de Goiás

Policial teria se passado por oficial de justiça para recuperar um carro e exigiu dinheiro para devolvê-lo ao dono
Um policial militar foi preso na tarde desta quarta-feira (20) acusado de extorsão no município de Águas Lindas de Goiás, no entorno de Brasília. Ele estava em posse de um carro roubado e exigia dinheiro do dono para a devolução do mesmo.
De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o dono do carro, cuja identidade não foi revelada, havia vendido o mesmo para um pastor evangélico. Diante do não pagamento, o solicitante pediu ao policial Herisson Rodrigo Melo Nascimento para ajudá-lo a reaver o bem.
Herisson então se passou por um oficial de justiça, alegou estar cumprindo um mandado de busca e apreensão e pegou o carro com o pastor, que não ofereceu resistência. Depois disso se negou a devolvê-lo ao dono, exigindo um pagamento em dinheiro para a devolução do bem.

(Foto: Divulgação/PM)

A vítima foi então a polícia, colocando o pastor como testemunha. Ele informou à corporação que Herisson iria na casa dele às 13 horas desta sexta para receber o dinheiro. O policial foi preso em flagrante pela equipe. Com ele, foi apreendida a sua arma e 17 munições.
No momento da prisão o policial informou o local do veículo. Ele foi recuperado com a esposa do suspeito. Na casa dele foram encontradas ainda 2 carregadores, 15 munições intactas e 100 cápsulas de 9mm.
Herisson, o veículo, a arma e as munições foram encaminhados para o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Águas Lindas para os devidos procedimentos legais. Ele deve ser autuado por extorsão. Se condenado, pode pegar de seis a 12 anos de prisão e multa.
InfoJus BRASIL: Com informações do Correio Braziliense

administrador@pa

Fechar
Fechar

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Fechar

Fechar